Biblioteca da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais

A história da Biblioteca da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da UCP entrelaça-se com a história recente da Companhia de Jesus em Braga. 

Com a criação, em 1934, do Instituto de Filosofia Beato Miguel de Carvalho, que viria a tornar-se Faculdade Pontifícia e, posteriormente Faculdade de Filosofia (a primeira Faculdade da Universidade Católica Portuguesa), esta Biblioteca começou por integrar as ofertas de vários colégios da Companhia de Jesus. O acervo bibliográfico foi sendo enriquecido, especialmente a partir de 1945, com o início da publicação da Revista Portuguesa de Filosofia, por meio não só de inúmeras permutas e envios regulares de livros para recensão, mas também por múltiplas ofertas de particulares, e novas aquisições criteriosamente ajustadas às necessidades da comunidade académica. O seu acervo documental, dotado de considerável variedade de documentos e nos mais diversos tipos de suporte (monografias, publicações periódicas e outros materiais), é formado por dois fundos principais, o Geral e o Reservado. Deste último fazem parte a produção científica de teses, relatórios e dissertações académicas da Faculdade e o fundo de livro antigo, com volumes do século XVI ao início do século XIX. Os exemplares raros, as primeiras edições, as obras autografadas e os livros com edições esgotadas foram também alvo de cuidados de acondicionamento; organizam-se ainda numa secção especial as coleções Migne e Corpus Christianorum.

Mantendo um lugar de destaque no edifício original, a Biblioteca tem vindo a expandir por mais dois pisos a sua área, tendo já ocupado as antigas salas de aula e corredores da antiga Faculdade de Filosofia. Considerada uma das mais valiosas a nível nacional na área de Filosofia, a Biblioteca da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais reúne agora uma vasta coleção de obras de diversas áreas de conhecimento: Filosofia, Literaturas, Linguística, Psicologia, Religião, Teologia, Ciências Sociais, Ciências da Comunicação, Matemática, Ciências Naturais, Ciências Aplicadas, Medicina, Arte, Desporto, Geografia, História, Turismo, Música e Generalidades.

Grandes áreas de conhecimento: Generalidades, Filosofia, Psicologia, Religião, Teologia, Ciências Sociais, Matemática, Ciências Naturais, Ciências Aplicadas; Medicina, Arte, Desporto, Língua, Linguística, Literatura, Geografia, Biografia, História, Música, Turismo;

Número de títulos: 115.000;

Número de periódicos: 2.000;

Fundos específicos: Livro Antigo; Coleção Migne; Coleção Corpus Christianorum; Fundo Isabel e Luís Couto dos Santos; Fundo Francisco Videira Pires;

Número de postos de trabalho: 53;

Número de terminais de pesquisa: 2;

Outros recursos disponíveis: impressora, scanner;

Número de gabinetes estudo (individual e grupo): não disponível de momento;