Missão, Visão e Estratégia

Missão

Formar as pessoas, cultivar a ciência, renovar o país e o mundo pela excelência do exemplo.

A Universidade Católica Portuguesa tem por missão a formação académica de qualidade e o cultivo da ciência para o bem comum. Assumindo os princípios do humanismo cristão numa matriz autonómica, respeitadora da diversidade e exploradora do pensamento em liberdade, a UCP prossegue a sua missão sustentada em três pilares:

▸ Ensino
▸ Investigação e Inovação
▸ Serviço e Responsabilidade Social Universitária.

Inserida na realidade portuguesa, a UCP promove a formação integral orientada para a realidade global, alicerçada nos princípios da verdade e do respeito pelas pessoas e pelo ambiente.

 

Visão

Ser reconhecida como universidade europeia líder em investigação de impacto e ensino de base transformacional e situar-se entre as melhores universidades católicas à escala global.

 

Plano de Desenvolvimento Estratégico 2021-2025

O Valor dos Valores: A Criar Futuro no Presente

As primeiras décadas do século XXI têm vindo a demonstrar que a humanidade vive ‘no limite perigoso das coisas’ (Graham Greene), afetada pela pandemia, por uma crise climática que é também social, política e económica, por conflitos de larga escala, ao mesmo tempo que a tecnologia abre possibilidades insuspeitas e a ciência confere novos horizontes à experiência de vida no planeta.

A universidade situa-se no coração do desenvolvimento da sociedade, estando permanentemente convocada a dar uma formação integral e qualificada aos profissionais do futuro. Uma formação que deverá conjugar o princípio da autonomia – isto é, educando para a reflexão crítica fundada nos valores da liberdade e da responsabilidade ética – e o princípio da utilidade, para o exercício sólido da profissão. Mas a missão de uma universidade católica é também, como salientou o Papa Francisco na audiência à Federação Internacionalde Universidades Católicas, a de preparar ‘protagonistas do bem comum’. E de fazê-lo contribuindo com soluções científicas integradas para a resolução dos complexos problemas do presente, mas também para preservar as criações do passado, transmitir a memória de gerações e garantir a possibilidade das sociedades terem futuro. Assim, concebe a prática de investigação, fundamental ou aplicada, como forma de gerar conhecimento acerca da vida natural, da cultura e da técnica, dos seres humanos e das suas vivências, promovendo a inovação e a criatividade orientadas para a prosperidade, o crescimento  sustentável, protegendo o ambiente e a qualidade de vida.

Nesta aceção, ensino e investigação, as duas missões nodais da universidade, conjugam-se e articulam-se com a terceira missão, a responsabilidade social universitária, tornando a instituição o espaço de promoção e desenvolvimento de soluções sociais, económicas, culturais e científicas focadas na criação de valor e orientadas para o desenvolvimento de projetos em parceria com o setor empresarial, industrial, social e cultural, e a capacitação das comunidades em que a universidade está inserida.

Com o lema “O Valor dos Valores: A Criar Futuro no Presente”, o Plano de Desenvolvimento Estratégico 2021-2025 assume o protagonismo de liderar grandes projetos transformadores da sociedade portuguesa, ao mesmo tempo que a universidade se repensa em termos organizacionais e aposta na inovação. Os eixos estruturantes do PDE, que resultam de uma ampla consulta à comunidade académica, apresentam uma visão de futuro centrada na convergência – com o desenvolvimento de inovação baseada na articulação sistémica entre áreas científicas –, na coesão – com alinhamentos claros de projetos nacionais transformadores e a projeção inteligente no território –; articulando a  inovação tecnológica com a projeção global, promovendo o alargamento da oferta internacional e potenciando o recruta- mento de talento, assente numa lógica sistémica de sustentabilidade.

Garantir o futuro, melhorar a experiência de vida na casa comum, constitui o eixo de possibilidade que define a ação da universidade. Esse desígnio promove- se no presente, gerando valor que se projeta além do agora, numa valorização que na especificidade de missão da Universidade Católica decorre, de modo estruturante, dos valores intangíveis da sua identidade. O valor com valores da Católica é, por isso, a um tempo económico, epistemológico e axiológico, manifesta-se como conhecimento fundado nos princípios de liberdade, respeito pela democracia, defesa da justiça, reconhecimento da diversidade, da equidade, promovendo sociedades coesas, sustentáveis, afluentes, mais equitativas e eticamente responsáveis.

Isabel Capeloa Gil, 
Reitora da Universidade Católica Portuguesa

Consulte aqui o Plano de Desenvolvimento Estratégico 2021-2025