Apresentar a Candidatura

O concurso aos cursos da Católica é local. Os estudantes têm de apresentar a candidatura na universidade, onde decorre todo o processo. A opção "Universidade Católica Portuguesa" não está incluída no concurso nacional. A candidatura pode ser feita online dentro dos prazos indicados no calendário. 

Antes de submeter a sua candidatura online, deve assegurar-se de que as candidatura ao curso que pretende se encontram abertas.

Caso não seja admitido(a), o valor da taxa de candidatura não é reembolsado.
 

Candidatura Online. Escolha o Centro Regional:

Lisboa - 1.º Ciclo  Porto - 1.º, 2.º e 3.º Ciclo

Braga -1.º Ciclo

 Viseu - 1.º Ciclo


Documentos necessários para completar a candidatura:

  • Fotocópia do cartão de cidadão;
  • 1 Fotografia;
  • Ficha ENES (Exames Nacionais do Ensino Secundário);
         A ficha é obtida no estabelecimento de ensino secundário, onde o aluno prestou as últimas provas e deve ser entregue na universidade dentro dos prazos indicados no calendário.

A partir do início da candidatura, os impressos e instruções relativas ao procedimento a seguir estão à disposição dos candidatos nas secretarias da UCP.

Nota: Candidatos titulares de cursos secundários estrangeiros ou que pretendam candidatar-se ao abrigo das quotas especiais deverão informar-se junto dos Serviços Escolares sobre o procedimento a seguir e a documentação necessária.


Contigentes Especiais

A UCP reserva vagas supranumerárias nos seus cursos de 1.º ciclo:

1. até ao máximo de 3% do número de vagas de cada curso, destinadas aos candidatos que reúnam as condições de admissão e sejam:

a) Descendentes em linha reta de colaboradores permanentes da UCP, que se candidatem durante a vida do próprio. Os colaboradores permanentes abrangem funcionários do quadro e docentes em regime de dedicação plena ou regime de tempo integral;

b) Descendentes em linha reta de  beneméritos insignes * da Universidade, que se candidatem durante a vida do próprio.

2. até ao máximo de 2% por ciclo de estudos, para luso-descendentes .

3. Para pessoas com deficiência | Vagas

4. Praticantes desportivos de alto rendimento, ao abrigo do  Decreto-Lei nº 272/2009, de 1 de outubro.
 

Os candidatos que desejem concorrer a estes regimes especiais deverão declará-lo no ato de candidatura, invocando a respetiva condição.

* Consideram-se "beneméritos insignes" aqueles que tenham sido reconhecidos como tal pelo Conselho Superior da Universidade.

 


Fases do Concurso

As fases do concurso são duas ou três consoante os cursos. Podem-se candidatar à 1.ª fase da UCP os candidatos que fizeram exame na 1.ª ou na 2.ª fase.


1.ª Fase
Na 1.ª fase de candidaturas são seriados todos os candidatos que preenchem as condições de acesso.

2.ª Fase
Na 2.ª fase de candidaturas serão seriados em conjunto e em igualdade de circunstâncias:

  • Candidatos que só tenham vindo a reunir as condições de admissão depois de fechada a 1.ª fase de candidaturas;
  • Candidatos que tenham sido excluídos na 1.ª fase de candidatura por a sua nota de candidatura não ter atingido o valor mínimo fixado para admissão nessa fase;
  • Novos Candidatos.

3.ª Fase
A 3.ª fase é para as vagas sobrantes (Nota: Esta fase pode não abrir em todas as unidades).