Membros da CES

Ana Margarida Mineiro Rodrigues Zaky

Ana Mineiro é Agregada em Cognição e Linguagem pela Universidade Católica Portuguesa, Doutorada em Linguística Teórica pela Universidade de Lisboa e pós-doutorada em Neurolinguística e em Linguística aplicada às Línguas Gestuais pelo Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa.

Professora Associada com Agregação na Universidade Católica e docente convidada da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, ensina há mais de 30 anos no ensino universitário. Há mais de uma década que o seu interesse na docência e na língua gestual é a surdez e as línguas gestuais.  

Do seu CV fazem parte uma centena de publicações, fez parte da Direção do ILTEC com a linguista e Professora Catedrática da Universidade de Lisboa, Maria Helena Mira Mateus, foi e é investigadora principal (IR) em vários projetos científicos e de desenvolvimento financiados em concursos competitivos como a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, a Fundação Gulbenkian e a Fundação PT, Horizonte 2020 entre outros e foi bolseira de doutoramento e de pós-doutoramento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Já orientou e orienta dezenas de mestrados, doutoramentos e pós-doutoramentos, faz parte de comissões nacionais e internacionais para a avaliação de cursos, exames, bolsas de investigação, concursos de provimento e projetos. É presença frequente como conferencista e como professora e investigadora visitante em universidades estrangeiras nomeadamente na Universidade de  Vigo,  Universidade de Brasília,  e na University College of London.


António Manuel Núncio Faria Vaz

Médico assistente graduado sénior da carreira de Medicina Geral e Familiar. Vice-Presidente da Comissão de Ética para a Investigação Clínica (CEIC) de 2005 a 2011.

Mestre em Farmacoepidemiologia pela Universidade Autónoma de Barcelona em 2001; Mestre em Ensaios clínicos pela Universidade de Sevilha em 2005; Mestre em Bioética pela UDIMA / Fundación de Ciências de la Salud (Diretor Prof Diego Gracia), em 2019.

Perito em Bioética e em Bioética Clínica; Presidente da Comissão de Ética para a Saúde da ARSLVT (desde 2011); membro fundador da RedÉtica (Associação Nacional dos membros das Comissões de Ética) e Presidente da Direção da RedÉtica.

 

Eugénio José da Cruz Fonseca

Licenciado em Ciências Religiosas pela Faculdade de Teologia, UCP.

Algumas das atividades e cargos desempenhados no âmbito social e eclesial (a nível nacional):

  • Em 1999, foi nomeado, pela CEP, Presidente da Cáritas Portuguesa, cargo que atualmente exerce.
  • Em 1996, foi eleito Presidente- Adjunto da UIPSS, agora designada por CNIS, cargo que exerceu até fevereiro de 2012. No mesmo período, integrou a Comissão Nacional do Rendimento Mínimo Garantido, agora designada Comissão Nacional do Rendimento Social de Inserção.
  • Em 2003, tomou posse como membro do Conselho Económico e Social, cargo que exerceu até 2017.
  • Em 2006, foi escolhido pelas Associações Nacionais de Voluntariado para assumir a presidência da Comissão Instaladora da Confederação Portuguesa de Voluntariado. Em 2009, foi eleito para a Direção desta Confederação.
  • De 2013 até 2015, por Despacho do Ministro da Educação, presidiu ao Júri do Selo de Escola Voluntária.

(a nível local e regional):

  • Em 1986 foi nomeado Diretor do Secretariado Diocesano do Ensino da Igreja nas Escolas, cargo que exerceu até 1 de setembro de 2002.
  • Em 1987, foi nomeado Presidente da Direção da Cáritas Diocesana de Setúbal, cargo que exerceu até 10 de outubro de 2016.
  • Em 1994, tomou posse como membro da Comissão Distrital de Luta Contra a Sida, cargo que exerceu até 1999.
  • Integrou o Observatório que avaliou os resultados da Operação Integrada de Desenvolvimento da Península de Setúbal (OID).
  • Desde 2014, integra o Conselho Social da Faculdade de Ciência de Economia e Empresas da Universidade Lusíada.
  • Em 2009 integrou o Conselho Geral do Instituto Politécnico de Setúbal, tendo passado a presidir a este Conselho a partir de 2016 até 28 de abril de 2017, mantendo-se como conselheiro.
  • Desde 5 de Maio de 2015, por Despacho do Ministro da Saúde, preside ao Conselho Consultivo do Centro Hospitalar de Setúbal.

 

Jerónimo dos Santos Trigo

Sacerdote membro da Congregação do Missionários do Coração de Maria – Missionários Claretianos.

Doutorado em Teologia Moral – Ética Teológica. Academia Alfonsiana. Pontifícia Universidade Lateranense. Roma, 1992.

Professor Associado da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa. Lecionação de Teologia Moral Fundamental e Teologia Moral Pessoal.

Docente na Escola Superior de Enfermagem de S. Francisco das Misericórdias, Ética Fundamental e Bioética até 2018.

Áreas de ensino e de investigação:

 Ética teológica no contexto da ética e da teologia.

  • Autonomia pessoal no âmbito da teologia moral e temas diretamente implicados: liberdade, lei e leis, lei moral, consciência, obediência.
  • Elaboração dos juízos morais: pertinência e implicações.
  • Paradigmas de ética sexual e implicação em temas concretos do casamento e da sexualidade.
  • Questões ético-jurídicas do início e do fim da vida humana.
  • Problemática ético-jurídica da pena de morte.

 

Mara de Sousa Freitas

Doutorada em Bioética; Especialização em Antropologia e Saúde; Pós Graduações em Direito da Medicina e Bioética; Licenciatura em Enfermagem.

Assessora no Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida; Assistente Convidada na Unidade Curricular de Ética e Deontologia Profissional na ESEL; Professora Convidada no Mestrado em Cuidados Paliativos da UCP e da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Perita na área da avaliação Ética da Comissão Europeia; Redatora da Comissão da Ética do Health Parliament Portugal; Membro da Comissão de Ética da Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa; Presidente da Comissão de Ética da LInQUE – Cuidados Paliativos em casa; Investigadora no Instituto de Bioética da Universidade Católica Portuguesa; Investigadora da Nova Saúde: Value Improvement in Health and Care; Coordenadora Executiva dos cursos de Pós-Graduação em Bioética da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa; Autora de várias publicações nacionais e internacionais sobre os temas da Bioética, Direito da Medicina, Ética em Cuidados de Saúde e Ética em Cuidados Paliativos. 

Principais áreas de investigação: Decisão Ética em Cuidados de Saúde, Ética e Bioética em Cuidados de Saúde, Questões Éticas do Final da Vida, Ética e Valor em Saúde, Políticas Públicas em Saúde.

 

Mª Emília Pinto dos Santos (Cessou funções na CES-UCP, em dezembro de 2019)

Doutorada em Ciências Biomédicas pela, Universidade do Porto. Psicóloga clínica, terapeuta da fala e terapeuta familiar.

Ex-professora coordenadora na Escola Superior de Saúde do Alcoitão; Diretora do curso de Licenciatura e de Mestrado em Terapia da Fala, por vários anos.

Professora associada convidada do ICS-UCP desde 2010, onde coordena o programa de doutoramento em Ciências da Cognição e da Linguagem.

Membro da Comissão de Ética da Sociedade Portuguesa de Terapia da Fala.

Principais áreas de investigação: Avaliação da linguagem em crianças e adultos; Patologia da linguagem; Reabilitação e reintegração psicossocial.


Maria Ivone Gonçalves Gaspar

Médica assistente graduada da carreira de Medicina Geral e Familiar, médica de família na ARSLVT, desde 2007.

Mestre em Bioética pela UDIMA | Fundación de Ciencias de la Salud, Madrid (Diretor Prof Diego Gracia), em 2018. Membro da Comissão de Ética para a Saúde da ARSLVT. Secretária da Direção da Associação RedÉtica.

Formadora do Curso curricular opcional de Ética aplicada à prática clínica, na Coordenação do Internato de Medicina Geral e Familiar da ARSLVT, desde 2014. Coordenadora e formadora do Curso Ética e Saúde Pública, na Coordenação do Internato de Saúde Pública da ARSLVT e ARSA, desde 2018.

Orientadora de formação específica em Medicina Geral e Familiar, na ARSLVT. Docente livre na Unidade Curricular de Medicina Geral e Familiar, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Curso pós-graduado Introdução Metodologias de Investigação (2017) e curso pós-graduado de Avaliação de Literatura Médica (2018), NOVA Medical School.

 

Maria Teresa Possante Marques

Médica, doutorada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa (FML).

Frequentou o Curso Livre de Bioética (FCSH da UNL) e a Pós graduação em Direito e Medicina (CEB, Coimbra).

Na carreira hospitalar, foi Chefe de Serviço de Patologia Clínica do Hospital de Santa Cruz (HSC), Diretora Clínica do HSC e, mais tarde, Diretora do Departamento de Patologia e Medicina Laboratorial do CHLO e responsável pelo Laboratório de Microbiologia Clínica e Biologia Molecular do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental (CHLO), até à aposentação.

Foi Professora Auxiliar convidada de Microbiologia e Parasitologia da FML da UL, Professora Associada Convidada de Microbiologia da NOVA Medical School (UNL) e Regente de Microbiologia até à aposentação, tendo Coordenado a Comissão Pedagógica do 3º ano e sido Vice-Presidente do Conselho Pedagógico.

Foi ainda Presidente da CES do HSC, Presidente da CES do CHLO, Coordenadora da Entidade de Verificação da Admissibilidade da Colheita para Transplante (EVA) do CHLO, representante de Portugal para a área de Microbiologia no European Working Group for Legionella Infections(EWGLI), Membro do European Council Elected Country Representatives of the European Society of Clinical Microbiology and Infectious Diseases e nomeada “Disease expert – Laboratory Legi” no European Legionnaires’ Disease Surveillance Net (ELDSNet) do ECDC.

É Coordenadora do Curso de Pós-Graduação em Medicina Laboratorial do ICS da Universidade Católica Portuguesa (UCP) - 1ª, 2ª, 3ª e 4ª edição (a decorrer).
 

Marta Isabel Boto Courinha Brites

Professora de Filosofia e Formadora Certificada na área dos Direitos Humanos, do Voluntariado e da Cidadania;

Doutorada em Bioética com a tese: “Cuidados paliativos pediátricos: elementos para uma filosofia do cuidar”;

Mestre em Bioética pela Faculdade de Filosofia de Braga da Universidade Católica Portuguesa, com a tese: “A Proximidade como vínculo da subjectividade. Olhar os Cuidados Paliativos à luz do pensamento de Emmanuel Levinas”;

Licenciada em Filosofia pela Universidade de Évora.



Pedro Garcia Marques

Assistente da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, instituição onde obteve o grau de Mestre em Ciências Jurídico-Criminais, e mais tarde o de Doutor em Direito com a dissertação intitulada O Juízo Crítico da Culpa. Leciona e investiga nas áreas do Direito Penal, Direito Processual Penal e Direitos Humanos. Foi membro do Conselho Diretivo e do Conselho Consultivo da Direção da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa, e colabora atualmente com o Católica Research Centre for the Future of Law.