Candidatos da União Europeia

Condições de Acesso

(Não estão abrangidos pelo Estatuto do Estudante Internacional - são equiparados ao Candidato Nacional)

Os candidatos oriundos de Estados-Membros da União Europeia poderão candidatar-se ao ensino superior na Universidade Católica Portuguesa, desde que cumpram os seguintes requisitos:

  1. ter concluído o ensino secundário ou equivalente;
  2. ter realizado em 2018, 2017 ou 2016 uma das seguintes opções, pela ordem indicada:

    - exame final nacional do ensino secundário estrangeiro considerado homólogo à prova de ingresso relevante para o curso;

ou
exame final nacional do ensino secundário estrangeiro;

ou
ter obtido aprovação em disciplina do ensino secundário estrangeiro considerada equivalente à prova de ingresso;

ou
em alternativa ter feito os exames nacionais em Portugal das provas de ingresso exigidas para o curso a que se pretende candidatar.

 

Nota de Candidatura

Classificação final do curso de ensino secundário ou equivalente (nota mínima positiva): 60%
Classificação do exame final nacional de uma das disciplinas do ensino secundário referidas (nota mínima positiva*): 40%

 

Exceto 120 pontos:
Administração e Gestão de Empresas (Lisboa)
Economia (Lisboa)

Exceto 150 pontos:
International Undergraduate Program in Business Administration (Lisboa)
International Undergraduate Program in Economics & Finance (Lisboa)

As classificações obtidas serão convertidas para a escala portuguesa com base na legislação portuguesa aplicável.

 

Documentação

- Fotocópia do documento de identificação (passaporte ou bilhete de identidade/cartão de cidadão
- Fotocópia simples do cartão de contribuinte (ou outro documento de identificação fiscal)
- Uma fotografia tipo passaporte
- Diploma do ensino secundário discriminado (disciplinas realizadas e respetiva classificação) e classificação final*
- Documento comprovativo das classificações obtidas no exame nacional final do ensino secundário*

Pagamento da Taxa de Candidatura (caso não seja admitido o valor não é reembolsável) 

 

Poderá também ser solicitado ao candidato que apresente:

- documento comprovativo da escala de classificação no país em causa, incluindo menção à escala positiva, emitido por entidade competente, quando se verificar que os comprovativos das classificações não contenham a escala de classificações do país em causa e/ou a legislação portuguesa não preveja a conversão das classificações desse país** ;
- documento emitido por entidade competente comprovativo dos conhecimentos avaliados nos exames nacionais finais realizados à(s) disciplina(s) relevante(s) para o curso **
 
**O original deste documento deverá ser apresentado até ao início das aulas e: a) estar legalizado por autoridade diplomática ou consular portuguesa, OU b) conter a Apostila de Haia emitida pela autoridade competente do país emitente, no caso de esse país ter aderido à Convenção Relativa à Supressão da Exigência de Legalização de Actos Públicos Estrangeiros (Conferência de Haia).
Para efeito de pedido de equivalência deve ser apresentado o documento na língua original e uma tradução em língua portuguesa (tradução oficial).

 

Formalização da Candidatura

Antes de submeter ou enviar a sua candidatura deve assegurar-se de que as candidaturas ao curso que pretende se encontram abertas.

Braga » envie email para secretaria.ffcs@braga.ucp.pt com os documentos acima referidos**
Lisboa » envie email para sescolares@lisboa.ucp.pt com os documentos acima referidos**
Porto» Online | Email com os documentos acima referidos**
Viseu » envie email para cristina@viseu.ucp.pt  com os documentos acima referidos**

Após envio da documentação por email, o candidato receberá um email de confirmação de receção de candidatura, com a informação necessária para proceder ao pagamento através de transferência bancária. A candidatura só ficará concluída após receção do pagamento.

 

Calendário

As datas das candidaturas variam de curso para curso. Consulte o calendário.