Biblioteca Universitária João Paulo II

A Biblioteca Universitária João Paulo II tem como missão dar suporte à Comunidade Académica, promovendo pontes com as Faculdades e Unidades de Investigação, através de um diálogo constante, que permitam a adequação dos seus serviços às necessidades dos colaboradores, estudantes, investigadores, docentes, sem esquecer os utilizadores externos.

Desde a sua génese que é uma Biblioteca de livre acesso, procurando através da formação dirigida aos estudantes dos diferentes ciclos de estudo, proceder à sua capacitação e autonomização na utilização dos recursos tradicionais e digitais.

A Biblioteca tem um acervo muito rico e diferenciado decorrente das doações de que tem sido objeto, quer no plano dos arquivos pessoais e históricos, quer na vertente de livro antigo. Destacamos o fundo de Teologia, o acervo Göerres, centrado na obra do Pde. António Vieira, o arquivo pessoal de Ruy Cinatti e as Bibliotecas Memoriais António Sardinha e Eduardo Coelho.  

Grandes áreas de conhecimento: Ciências aplicadas; Ciências puras; Ciências sociais; Direito; Economia; Enfermagem; Filosofia; Gestão; História; Literatura; Teologia;

Número de títulos: 300.000;

Número de periódicos: 6.500;

Fundos específicos: António Sarinha; Biblioteca Alexandre Castro Caldas; Biblioteca Campos Pereira; Biblioteca dos Inglesinhos; Biblioteca João Franco; Centro de Documentação Europeia; Eduardo Coelho; Goerres; Livro Antigo; Martins de Carvalho;

Número de postos de trabalho: 300;

Número de terminais de pesquisa: 15;

Outros recursos disponíveis: impressora, scanner;

Número de gabinetes estudo (individual e grupo): 14;