Sábado I

SÁBADO I

Pai Nosso, Salvador da humanidade,
não só nos alimentas,
não só nos dás condições para crescer,
mas também nos curas as chagas.
A Tua salvação aproxima-se de nós,
o Teu cuidado faz-se concreto, palpável,
cura as nossas feridas de corpo e coração.
A experiência da Tua proximidade
provoca-nos para uma compaixão à tua maneira.

Não deixes que fiquemos com pena de ninguém.
Dá-nos energia para nos movermos na busca da cura.
Livra-nos de uma religião
incapaz de sarar os males da humanidade.
Nós somos frágeis pecadores,
mas o ímpeto da Tua vinda, em Jesus,
nos empurra para o terreno concreto,
a levar remédio às enfermidades.
Derrama no nosso coração
a abundância da tua proximidade salvadora.
Vem, Senhor, no rosto dos que te amam!