Docente: Maria Alexandra Ambrósio Lopes

 

Grau Académico: Mestre


Nome: MARIA ALEXANDRA AMBRÓSIO LOPES

Email: mlopes@fch.ucp.pt

Grau Académico: Mestrado

Categoria: Assistente com Regência

Data de Nascimento: 16 de Julho de 1966

 

 

Habilitações Académicas:

·        Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas [variante de Inglês/Alemão] na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em 1988

·        Mestrado em Estudos Alemães na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em 1993.

 

 

Actividades Académicas:

  •  Assistente na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa
  • Professora secretária da Faculdade de Ciências Humanas
  • Coordenadora do curso de Pós-graduação em Tradução para o Audiovisual
  • Coordenadora Pedagógica dos cursos de Mestrado em Estudos de Cultura
  • Áreas de interesse: História e Teorias da Tradução, Tradução Literária, Tradução Intersemiótica e Estudos de Cultura


Publicações:

2008), "Liquid Translation: On the Portuguese (Sub)Version of Walter Scott's The Pirate, in Isabel Capeloa Gil (ed.), Fleeting, Floating, Flowing. Water Writing and Modernity, Würzburg, Königshausen & Neumann, pp. 121-133.

(2007) "Notes for a Cartography of Translation Studies in Portugal", in Yves Gambier (ed.), Translation Studies ? Doubts and Directions, Amesterdão/Filadélfia, John Benjamins, pp. 59-71 (comunicação colectiva).

(2006) "Landscaping Emotion(s) - Translating Harriet Beecher Stowe in Portugal", in Michaela Wolf (ed.), Übersetzen  - Translating - Traduire: Towards a 'Social Turn'?, Münster, Hamburgo, Berlim, Viena, Londres, LIT.

(2006) "An Englishman in Alentejo. Crimes, Misdemeanours & the Mystery of Overtranslatability", in Alexandra Assis Rosa, João Ferreira Duarte e Teresa Seruya (eds.), Translation Studies at the Interface of Disciplines, Amesterdão/Filadélfia, John Benjamins.

(2005) "A importância de se chamar Ernesto. Consagrações, Bunburisms & Outras Perplexidades", in Teresa Seruya (org.), Estudos de Tradução em Portugal. A Colecção Livros RTP-Biblioteca Básica Verbo 1971-1972, Lisboa, Universidade Católica Editora, pp. 167-197. (Artigo escrito em parceria com Maria Lin Moniz)

(2004) "'There are more things between heaven and earth?' Translating Romanticism into the Portuguese Context", in Ampie Coetzee (ed.), Transgressing Cultural and Ethnic Borders. Boundaries, Limits and Traditions, vol. 3 of the Proceedings of the XVIth Congress of the Internacional.

(2004) "Of Stampedes, Translations and Other Misfortunes - Literary History as (De)canonization", in Isabel Caldeira (coord.), Novas Histórias Literárias/New Literary Histories, Coimbra, MinervaCoimbra, pp. 327-336.

(2004) "The Goddesses of Small Translations. Engendering Translational Practices as Decanonization", in Isabel Capeloa Gil, Richard Trewinnard e Maria Laura Pires (org.), Landscapes of Memory/Paisagens da Memória, Lisboa, Universidade Católica Portuguesa, pp. 319-327.

(2004) "Inutilia Truncat - Os Estudos de Tradução como Provocação da História Literária", http://www.eventos.uevora.pt/comparada, Universidade de Évora.

(2003) "A angústia dos estudos de tradução diante dos saberes instituídos - apontamentos sobre um estado de coisas" in Cassiano Reimão e Manuel Cândido Pimentel (org.), Os Longos Caminhos do Ser. Homenagem a Manuel Barbosa da Costa Freitas, Lisboa, Universidade Católica Editora, pp. 341-362.

Maria do Carmo Oliveira e Alexandra Lopes (org.) (2002), Deste Lado do Espelho. Estudos de Tradução em Portugal - Novos Contributos para a História da Literatura Portuguesa, Lisboa, Universidade Católica Editora.

(2002) "Lavores Femininos - bordar, falar francês, tocar piano e traduzir", in Maria do Carmo Oliveira e Alexandra Lopes (org.), Deste Lado do Espelho. Estudos de Tradução em Portugal - Novos Contributos para a História da Literatura Portuguesa, Lisboa, Universidade Católica Editora, pp. 135-149.

(2001) "Pela Mão de Teófilo. Variações sobre Recepção, Tradução & Canonização", in: Estudos de Tradução em Portugal. Novos Contributos para a História da Literatura Portuguesa, Teresa Seruya (org.), Lisboa, Universidade Católica Editora, pp. 151-166.

(2001), "We are communal histories, communal books - Tradução em Tempo Romântico", in Teresa Seruya e Maria Lin Moniz (org.), Histórias Literárias Comparadas. Colóquio Internacional Lisboa, Colibri/C. L. C. P. B., pp. 103-115.

(2000) "Identidade versus Alteridade: Traduzindo William Boyd como Provocação a Friedrich Schleiermacher", in Álvaro Pina, João Ferreira Duarte e M.ª Helena Serôdio (org.), Do Esplendor na Relva. Elites e Cultura Comum de Expressão Inglesa, Lisboa, Edições Cosmos, pp. 377-381.

 



27/6/2006